Suscríbete a nuestro blog

 

 

Últimas publicaciones..

Blog CEMETC

HISTÓRIA CLÍNICA 6 PORTUGUÉS - ALTERACIONES PSIQUICAS Y AGORAFOBIA. (PARTE 1)

HISTÓRIA CLÍNICA: Nº 6

TRANSTORNOS PSÍQUICOS E AGORAFOBIA

HISTÓRIA CLÍNICA OCIDENTAL

FICHA E DADOS DE FILIAÇÃO:

J.F.M.D. Homem de 25 anos

MOTIVO DA CONSULTA:

Alterações Psíquicas.

ANTECEDENTES FAMILIARES:

Avó materna com demência senil prematura.

ANTECEDENTES PESSOAIS:

Hepatite aos 12 anos. Faringite crônica desde os 16 anos.

ENFERMIDADE ATUAL:

Transtornos psíquicos e agorafobia

INFORMES TÉCNICOS (Radiológicos, analíticos, etc.):

Presença de um amplo histórico psiquiátrico

TRATAMENTO ATUAL:

Atualmente não está recebendo nenhum tipo de tratamento

OBSERVAÇÕES:

 

HISTÓRIA CLÍNICA ACUPUNTURAL 

YI SHI WANG


SEMIOLOGIA  

2 – SÍNTESE DA HISTÓRIA CLÍNICA

OS 4 ELEMENTOS DE DIAGNÓSTICO (SHI-ZHENG).


A) INSPEÇÃO E OBSERVAÇÃO.

A1) Estado neuropsíquico e coordenação motora: Transtornos sensitivos transitórios manifestados por hiperacusia, crises crônicas convulsivas sem chegar à perda de consciência e com pavor e medo, de frequência mensal. 

A2) Estado emocional: Estressado devido ao trabalho com ruído constante e tedioso de máquinas (máquina de cortar grama em campo de golfe). Falta de um relacionamento estável e dificuldade de convivência com seu pai. Atualmente refere perda de memória, confusão mental, como se estivesse em uma nuvem cerebral, não correlaciona os conceitos adequadamente.

A3) Tez, olhos, língua e tecidos: Tez amarela esverdeada e envelhecida (aviejada) ressecada e sem brilho como os lábios e toda a pele em geral, sobretudo nos dedos da mão que apresenta descamação contínua. Olhos opacos enevoados (não apresenta catarata). A língua tende a ser vermelha com saburra espessa e suja.

A4) Aspecto, porte e postura: Aspecto normal com aparência de mais idade. 


B) AUDIÇÃO E OLFATO: diminuição do paladar, olfato e audição.

B1) Tom de voz: Débil.

B2) Tônus cardiorrespiratórios: Normais.

B3) Odor corporal e hálito: Halitose


C) INTERROGATÓRIO: (As 30 perguntas básicas). 

C1) Shen e personalidade essencial: O paciente está em Xie Zi (medo, fobias) mas sua personalidade essencial se enquadra em Yi (reflexiva e consequente). Apresenta com frequência ansiedade obsessiva (Xie Yi)

C2) Sinais prodrômicos e evolutivos: Hepatite aos 12 anos. Sempre apresentou sensação de calor com frequentes dores reumáticas (há 10 meses) sobretudo lombalgias.

C3) Tipo de alimentação: Yin predominantemente, com preferência desmedida por doces há cerca de 10 meses. O sabor agri ácido lhe prejudica notavelmente.

C4) Períodos de crise: No verão e meio dia aparece a hiperacusia e o medo.  

C5) Cefaleias: refere não apresentar

C6) Agente climatológico incidente: Fobia ao frio e no entanto o calor lhe prejudica.

C7) Frio-Calor: Pés e mãos muito frios. Sensação de frio em região temporal esquerda.

C8) Sudorese: Ausência de suor.

C9) Sede e Fome: Polidipsia com desejo de bebida em temperatura ambiente e bulimia há 10 meses.

C10) Calor e febre: calor na extremidade cefálica sobretudo em ouvidos e olhos.

C11) Algias, parestesias, dor e contraturas: Raquialgias frequentes, sobretudo nas dorsais. Dor errática na escápula, cotovelos, joelhos e unha do primeiro dedo do pé esquerdo. Entorse crónico de tornozelo. Relata que sua patologia se manifesta mais no lado esquerdo.

C12) Pele e unhas: Alergia a ácaros e pó, pele muito ressecada, cabelo frágil e seco, com frequentes erupções cutâneas. Prurido a nível subcostal (F.14.) As feridas demoram para cicatrizar.

C13) Humores: Escassos. Muita mucosidade noturna que se acumula obstruindo condutos auditivos. Sialorréia esporádica.

C14) Urina: Poliúria noturna, urgência para urinar as vezes. Sem enurese. Urina clara.                                               

C15) Fezes: Pastosas com alimentos sem digerir. Frequência: diária.                     

C16) Edemas e depósitos: ------.                  

C17) Gastrointestinal: Digestão lenta e pesada. Há 10 meses aparece a bulimia ansiosa e os transtornos gastrointestinais com aerofagia intensa e sensação de vazio intestinal. Gastralgia pós-prandial.

C18) Geniturinário: Ejaculação precoce.

C19) Fluxo e menstruação: ------.   

C20) Sono: Dificuldade em conciliar o sono com obsessão e fixação em um determinado pensamento.

C21) Coração: Circulação sanguínea deficiente. Não apresenta patologia cardiorrespiratória, mas manifesta opressão torácica.

C22) Otorrino, boca, olhos e lábios: Muito acúmulo de muco nos ouvidos, sobretudo no lado esquerdo que se descongestiona ao levantar-se e assoar. Acúfenos Yin com sensação de vertigem. Patologia de vias respiratórias desde criança, gengivite e halitose. Lábios rachados e secos, olhos opacos com perda de visão.

C23) Endócrino e metabolismo: Aguardando análise.

C24) Respiratório: ------.   

C25) Astenia: Era intensa há 10 meses, sobretudo em membros inferiores. Atualmente relata que a astenia desapareceu, que tem uma grande força física e vontade de andar, coincidindo com a aparição de bulimia e de transtornos gastrointestinais. O único sinal de astenia que persiste é uma certa sonolência pós-prandial.

C26) Fleumas

C27) Sinais de ptose: ------.     

C28) Sinais de ascensão: ------.   

C29) Hemorragias: ------.                               

C30) Sensação de peso ou vazio: Vazio a nível intestinal.


D) PALPAÇÃO.

D1) Pulso: Superficial e forte.

D2) Anatômica: -----.

D3) Eletrônica: Riodoraku: F. (descendente), BP. (ascendente) e C. (ascendente).

  


3 – DIAGNÓSTICO GERAL, DESENVOLVIMENTO 


FISIOPATOLÓGICO E CONCLUSÃO DIAGNÓSTICA


OS TRÊS DIAGNÓSTICOS (SAN GANG)



1º DIAGNÓSTICO: DE SITUAÇÃO (JING MAI GANG) (BIOMEDIÇÕES)


·  Biomedições: no Energobiograma através do gráfico Ryodoraku observa-se um vazio relativo de F. acompanhado de plenitudes relativas de C. e BP.



2º DIAGNÓSTICO:  DE 1ª INTENÇÃO (BA GANG)

·     YIN-YANG: Yin

·     INTERIOR-EXTERIOR: Interior.

·     FRIO-CALOR: Calor.

·     VAZIO-PLENITUDE: Vazio. 

·       SÍNDROME DE CALOR INTERNO POR DEFICIÊNCIA DE YIN


3º DIAGNÓSTICO: DE 2ª INTENÇÃO 

(BIAN ZHEN GANG) (SINDRÔMICO)

     

    DESENVOLVIMENTO FISIOPATOLÓGICO

O paciente apresenta um quadro complexo, em consequência da conjunção de diversas síndromes que podemos assim desenvolve:

Existe neste paciente um estado anterior e outro posterior ao mês de agosto de 1999. Até esta data, tinha literalmente que arrastar-se devido à grande debilidade nos membros inferiores e astenia generalizada, com lombociatalgias frequentes, dores articulares, secura generalizada e o resto de sinais clínicos que detalhamos no resumo.

A partir de agosto de 1999 e sem que o paciente saiba explicar as causas, começa a ter um aumento de apetite, uma desmedida necessidade de comer, ansiedade e bulimia com grande apetência pelo sabor doce, diminuindo as dores articulares e a astenia, passando a ter sensação de muita energia e vontade de andar “como se quisesse recuperar o tempo perdido”.

Esta circunstância, a princípio favorável, de repente trouxe aspectos negativos, como transtornos gastrointestinais diversos: gastralgia, digestão lenta e pesada, com grande produção de gases, timpanismo, flatulência, eructações frequentes, fezes com matéria sem digerir, etc. e, às vezes, sensação de vazio intestinal. A bulimia, neste caso, tem clara relação com a hiperatividade do Yin do BP. (necessidade de Hidratos de Carbono e doces), mas também com um Yang de estômago e intestinos que não consegue seguir o ritmo imposto pela demanda do BP., o que causa a plenitude intestinal e, portanto, a sensação de vazio orgânico. As fezes com alimentos não digeridos é um claro sinal de vazio do Yangming.

Desenvolvendo os dados obtidos por meio da interrogação e observação, podemos enquadra-los nas seguintes síndromes:

A) Base Diatésica.

Debilidade congênita de Rim Yin (Shén Yin Xu) ou “a essência vital não se consolida e armazena” (Shéngi Bugu), onde coincidem todos os sinais clínicos: poliúria, incontinência, envelhecimento precoce, nictúria, desenvolvimento lento, baixa atividade intelectual e alterações ósseas.

Sobre a base diatésica e, relacionada provavelmente com uma infância psicologicamente traumática no seio familiar com medo e temor, produz-se uma insuficiência adquirida (terreno débil por não consolidar e armazenar a essência), aparecendo a debilidade, a dor lombar e articular, acúfenos Yin, ejaculação precoce, perda de memória, secura generalizada, sobretudo na garganta.

A insuficiência do R-Yin tanto congênita como adquirida se manifesta como sinal patognomônico em secura (o Rim gera a água), sendo mais aparente esta circunstância no que se vê (externo) como a pele e as mucosas. A secura interna propiciou a diminuição do Yin do F. (o R. alimenta o F.) com a consequente hepatite aos 12 anos.   

O paciente mantém um nível relativamente alto de Yang do Rim, o que lhe tem permitido ter atividade sexual normal (neste caso a ejaculação precoce não é por insuficiência de R.-Yang, mas por bloqueio psíquico na área do MC.), e não ter padecido de enurese infantil. A astenia neste caso não indica esgotamento do R.-Yang, mas sim um vazio de Yin do BP.

A falta de água do Fígado ressecou a madeira, produzindo um Yang hepático transbordante que provocou via Ke um ciclo patológico (T´Cheng), afetando o Yin do BP. Esse quadro evoluiu para astenia, emagrecimento, falta de apetite, lábios e boca secos, polidipsia, gastralgia, etc.

Termos chaves por ordem evolutiva:

1- Insuficiência de R.-Yin (congênito e adquirido).

2- Insuficiência de Yin do F.

3- Insuficiência de Yin do BP.

Em resumo, insuficiência de Yin dos três Yin Zu e, portanto, do Xue.

As perturbações emocionais que correspondem a estes três tipos são: medo, irritabilidade e obsessão.

Se analisarmos, veremos que o primeiro sintoma que descreve o paciente é o medo (R.) diante de um entorno infantil violento e hostil; o segundo é um caráter irritadiço que lhe torna introvertido e de difícil convivência (F.); e. por último, a obsessão (BP.) que o envolve, sobretudo à noite, impedindo-lhe de dormir (ideias obsessivas, ” marteladas” e repetitivas) que lhe geram manias e ansiedade.

 

B) A reação

Com 35 anos, em um indivíduo precoce, se já terminado seu ciclo evolutivo (5x8) pelo que se produz uma economia do gasto energético e a segunda adolescência (35 anos na mulher e 40 no homem). Nos indivíduos que têm reserva de R.-Yang como neste caso (não existe debilidade de Qi do P.). Os problemas de pele e vias respiratórias altas são pela secura originada por uma insuficiência de R.-Yin.O Yang de P. é normal (não há dispneia) e, portanto, o R.-Yang está alimentado suficientemente. (CONFUSO!!!!!)

Por isto e de maneira esporádica o Yangdo Rim se manifesta de forma brusca e excessivamente predominante provocando a hiperacusia e o medo consequente a um fenômeno tão pouco habitual. Os ruídos constantes do motor de uma secadora, durante as oito horas de jornada, fazem com que os ouvidos sejam o terreno prioritário de manifestação, onde se manifesta o desequilíbrio do R.-Yin e R.-Yang. O Yang do R. liberado provoca o calor ascendente que afeta o MC. e o C. produzindo as crises convulsivas como válvula de escape do Yang interno do pericárdio.

O BP. é a fonte da energia, por ser a gênese do metabolismo dos alimentos. Isto faz com que, num determinado momento, diante uma necessidade biológica, ative fortemente sua ação de transformação, coma finalidade de manter a economia.

Sabemos que o vazio de R.-Yin, sobretudo se é congênito e adquirido, leva com o tempo, ao vazio de R-Yang e isto significa um esgotamento da função biológica. O organismo desenvolverá todos os mecanismos possíveis para evita-lo ja que sabemos que o Rim Yang é o fogo vital responsável pelos três mandatos (sobrevivência, procriação e conhecimento).

Isto justifica que num momento determinado e ante um problema de sobrevivência se produzira uma mudança brusca no metabolismo do BP. desencadeando sua hiperatividade e a consequente bulimia ansiosa.

Mas, o aparato digestivo, devido ao longo tempo em estado precário por Yin (água) e Xue(sangue) insuficientes, não tem  capacidade de resposta para seguir o ritmo do BP. e por  isto  se produzem perturbações  gastrointestinais.

O vazio de R.-Yin leva a um vazio de Yin geral que se manifesta mais no Yin do F. provocando o vazio de sangue do F. (Gan Xue Xu) e cujos sinais clínicos são em todo concordantes com o paciente: tez sem brilho, lábios e olhos secos, visão borrada, acúfenos, enjoo, vertigem, unhas secas e finas, dores articulares, contraturas, parestesia muscular difusa, transtornos do sono, pruridos, etc.

Resumo:

1- Etapa até agosto de 99.

- Vazio conjunto dos três Yin do pé:

- de Rim Yin.

- de Yin do F.

- de Yin do BP.

- Vazio de sangue do F.

 

2- Etapa desde agosto de 99.

  -  Plenitude de Yin do BP.

© 2017 Centro de Enseñanza de la Medicina Tradicional China
Diseño web: HiTech Informática